Hot Pink: O Outono é Cor-de-Rosa

Com todas as apostas do ano voltadas para os tons pastéis (a Living Coral foi eleita a Pantone do ano), essa parece ser uma tendência “mais inusitada” para 2019. Mas será? A volta do color blocking traz novas cores e formas, mas certamente a rosa (choque, chiclete, bebê e suas diversas variações) foi a cor predominante nas ruas da Semana da Moda das principais capitais do mundo.  

O resgate dos anos 80 é uma grande tendência desse ano e não estamos falando apenas de shapes e cores. É a ousadia de misturar novas texturas, adicionar (muita) cor no seu guarda-roupas e desafiar os antigos padrões de gêneros. Diante das últimas tendências que passeiam pelo androginismo, O “hot pink”, que mais parece uma contracultura do movimento, aparece com o mesmo objetivo: quebrando todos os padrões e estampando (também) looks nada “delicados” ou “femininos”.

Post Malone 61st Annual Grammy Awards, Arrivals, Los Angeles, USA – 10 Feb 2019
Mandatory Credit: Photo by Chelsea Lauren/REX/Shutterstock (10095020lk)

A história por trás da moda

            Vale lembrar que essa é uma macrotendência resgatada no início dos anos 2000, que veio com muita força para os EUA depois do atentado de 11 de setembro. O país, na necessidade de trazer romantismo e emoção para o povo após a tragédia, naturalmente, passou a utilizar peças em tons de rosa, até então esquecidas por anos pelas mulheres e pouquíssimo utilizadas por homens.


Eminem and Elton John Join Forces at the 2001 Grammys – Rolling Stone

Esse é um exemplo de moda marcando a história como fator social, traduzindo um sentimento da massa para as nossas vestimentas. Além disso, é a prova de que a moda é um sistema circular, com fenômenos que vão e voltam de acordo com as vontades e necessidades de grupos, arquétipos e sociedade como um todo, atribuindo novos significados para tendência de roupas e se adaptando para o movimento atual.

Para você, qual seria o motivo da volta do cor-de-rosa para 2019? Será que ela irá perdurar? Qual seria a próxima tendência a ser explorada diante da situação social do mundo e do Brasil? Esses são alguns questionamentos pessoais para pensarmos moda e refletirmos um pouco sobre o que está por vir

Escrito por Nichole

TROC BLOG